Clube Naval de Cascais 80 years

PortuguêsEnglish (UK)
 
 
Saturday, 07 May 2022 10:43

O Regresso da Classe RC44 a Cascais

O Regresso da Classe RC44 a Cascais Pedro Martinez

 

Na próxima semana, a 44Cup regressará a Cascais a Meca portuguesa da vela para o segundo evento temporada de 2022. As regatas para os oito monocascos de alto desempenho acontecerão de quinta a domingo, de 11 a 15 de Maio.

A juntar-se à frota pela primeira vez em Portugal está a tripulação suíça da Black Star Sailing Team. Para o proprietário Christian Zuerrer esta não será apenas a primeira vez que corre num RC44, mas também a sua primeira experiencia em Cascais. Assumindo o papel de tático para ajudar a equipa neste campeonato de estreia está o neozelandês Cameron Dunn. Tendo terminado na terceira posição em Cascais no Campeonato do Mundo de RC44 de 2018, Dunn sabe como ter um bom desempenho num RC44 e reconhece que a performance neste evento terá uma curva de aprendizagem acentuada para a nova equipa que também participa no circuito dos catamarans GC32.

"Não temos ilusões sobre a dificuldade de nos juntarmos a uma frota de tão alta qualidade, com todas as equipes com muitos anos de experiência na classe. Primeiro vamos nos concentrar no manuseamento do barco para obter as manobras básicas com boa qualidade antes de podermos começar a competir nesta frota", explica Dunn. "Teremos as mãos cheias, mas sabemos a tarefa que temos pela frente e mal podemos esperar para começar".

Cascais é conhecida pela suas condições de vento de noroeste que sopra do Oceano Atlântico e envolve o Cabo Raso em Lisboa. Num campo de regatas situado a norte do estuário do Tejo, efetivamente em aguas atlânticas, os ventos fortes e as grandes ondas oceânicas permitem que as tripulações naveguem os seus RC44s a mais de 20 nós de velocidade a favor do vento. "É uma das melhores áreas de vela que você pode imaginar e o Clube é bom. O que há para não gostar?" explica o proprietário do Charisma, Nico Poons. "E as regatas são muito, muito renhidas. As diferenças são mínimas entre nós."

Dunn acrescenta: "Existem algumas características geográficas importantes, mas a localização do campo de regatas pode afectá-las drasticamente, por isso é sempre um bom desafio, tanto tacticamente quanto para a técnica de navegação do barco. Navegar a favor do vento num RC44 a mais de 20 nós com ondas grandes é bastante divertido."

Para este evento, o Team CEEREF com o apoio de Hrastnik 1860 detém as rodas de leme douradas dos líderes da 44Cup, seguido pelo Team Nika em segundo e o Artemis Racing segue em terceiro. Defendendo os campeões antigos campeões do circuito 44Cup e campeões mundiais em titulo, a equipa Aqua de Chris Bake está atualmente em sexto na classificação geral após um início de temporada inconsistente em Lanzarote em Fevereiro, mas sem dúvida voltará à forma vencedora.

Este campeonato conta comos apoios do Turismo de Portugal, Visit Cascais, Câmara Municipal de Cascais, Federação Portuguesa de Vela, Marina de Cascais e Vista Alegre. Contamos ainda com o apoio institucional da associação não governamental Sailors For The Sea - Portugal

O CNC é membro de

ICOYC Logo Rodape

botao inscricoes1

Últimas notícias